Edição 14 - Religiosidade & nação


Publicações

Sociedades surgem da religiosidade

10.10.2017

Dentro de suas diversidades, as religiões podem contribuir para um mundo melhor, afirmou Makota THAÍNE BELISSA   Ela pode ter muitos deuses ou um só, pode ser alegre, colorida ou mais contida e silenciosa. Cantada, ministrada ou em forma de oração, a religião pode ser tão diversa quanto a própria humanidade e, por isso, tão útil em um contexto de construção de uma nação mais justa. E foi justamente essa diversidade que compôs a mesa …

Leia mais...

Equidade pode ser a base para mudança

10.10.2017

Thaíne Belissa – Diário do Comércio   Ao falar sobre a construção de uma nação mais justa a partir dos princípios da religiosidade, a coordenadora do Centro Nacional de Africanidade e resistência Afro-brasileira, Makota Celinha Gonçalves, destacou que, antes de qualquer discussão, é preciso reconhecer que a desigualdade é uma realidade do Brasil. Para ela, é impossível falar em mudança estrutural para uma nação melhor, se a sociedade e os governantes insistirem em desconsiderar as …

Leia mais...

Religiões devem estar no debate público sobre a construção de uma nação

10.10.2017

Quanto mais diferenças, mais democracia, já que esse sistema político pressupõe pluralidade   THAÍNE BELISSA   Se a religião pode ser um lugar de conexão entre as pessoas e uma causa transcendental, mas, ao mesmo tempo, um pretexto para a negação do outro, como superar esse impasse e utilizar seus pontos fortes, como a diversidade, a favor de um projeto de nação? O questionamento, que mais parece uma charada difícil de ser resolvida, permeou o …

Leia mais...

Vídeos